Português brasileiro ou europeu? Quais são as semelhanças? E as diferenças?

O português é uma língua falada por quase 190 milhões de pessoas como primeira língua: tem cerca de 10 milhões de falantes em Portugal, 3 milhões em África (Moçambique, Angola, etc.) e 175 milhões no Brasil. Além disso, mais de 11 milhões de pessoas falam português como segunda língua.

Se o seu desejo é aprender português, a questão pode surgir espontaneamente: quais são as diferenças entre o português brasileiro e o europeu?

Vamos analisá-los em detalhes:

As diferenças de acento e pronúncia

Para muitos alunos, parece que o português brasileiro é mais fácil de aprender. Isto é em parte porque no Brasil a pronunciação das vogais acentuadas é mais evidente, a ênfase geral é uniforme, as consoantes são mais suaves e as vogais estão sempre abertas.

Diferenças na ortografia

1) Acentos

No Brasil, por exemplo, lemos “Antônio”, “Amazônia” ou “o vôo”; em portugal: “António”, “Amazónia” ou “o voo”.

2) Ortografia

No Brasil, por exemplo, uma escreve “a ação”, “ótimo”, “quatorze” ou “dezenove”, em Portugal, em vez disso, “a ação”, “óptimo”, “catorze” ou “dezanove”.

3) Letras maiúsculas e minúsculas

Nos nomes dos meses, estações ou assuntos de estudo em brasileiro, eles sempre vão em pequenas letras, enquanto em português europeu estão escritas em letras maiúsculas. Por exemplo: “dezembro”, “economia”, “inverno” no Brasil, “Dezembro”, “Economia” ou “Inverno” em Portugal.

Diferenças de gramática

No Brasil, é muito comum usar a estrutura com o gerúndio. Em Portugal, isso geralmente é substituído pela forma “estar + a + infinito”.

Brasil: eu estava telefonando … – Portugal: eu estava se estendendo para o telefone …

A posição dos pronomes dentro da frase, no português brasileiro, é bastante livre, e há uma tendência para colocá-los antes do verbo, mesmo que todas as gramáticas do mundo considerem que esse uso está incorreto. No português europeu, no entanto, as regras oficiais da gramática são seguidas de forma mais rigorosa.

As preposições possessivas e pronomes também diferem em seu uso.

No Brasil, dá o “você” (“você”) a pessoas desconhecidas (portanto, em combinação com “o senhor” ou “uma senhora”), mas também com amigos e familiares, em Portugal, em vez disso, em um ambiente familiar , nós preferimos dar “você”.

As diferenças no vocabulário

As duas versões linguísticas também diferem no vocabulário, principalmente devido à posição geográfica dos dois países. No Brasil, há uma influência significativa das línguas indígenas e africanas, bem como dos muitos países de língua espanhola que o cercam.

Por exemplo:

No Brasil, a palavra “bagno” é chamada de “o banheiro”, enquanto em Portugal “uma casa de banho”.

O café da manhã no Brasil é “o café da manhã”, em Portugal “o pequeno almoço”.

O trem é chamado no Brasil “ou trem” e em Portugal “ou comboio”.

Da mesma forma, o ônibus: “o ônibus” no Brasil e “o camião” em Portugal.

Dito isto, como você escolhe o melhor curso de línguas?

Se você quiser aprender português para viajar ou por motivos comerciais, a escolha é definitivamente determinada pelo seu destino e seus propósitos.

Então pergunte-se: eu quero ir para o Brasil ou Portugal? Devo relacionar-me mais com portugueses ou brasileiros?

Ao responder a estas perguntas, você já terá sua resposta.

Uma coisa é certa: é sempre a mesma linguagem, embora existam diferenças.

A escolha depende apenas de você, seus gostos e suas necessidades.